Tempestade Bruno chega a Portugal já esta terça-feira

Detectámos que usa um AdBlock

Utilizamos anúncios para ajudar a manter o nosso site, considere desativar o AdBlock (bloqueador de anúncios) no nosso site para poder ver os conteúdos.

Os nossos anúncios não são intrusivos!

A tempestade Bruno vai afetar Portugal continental a partir desta tarde de terça-feira, com vento forte, precipitação e agitação marítima.

“A tempestade Bruno encontra-se a sudoeste das ilhas Britânicas e irá deslocar-se gradualmente para leste”, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), esta terça-feira ao início da tarde.

De acordo com o IPMA, Portugal vai sentir os efeitos do mau tempo entre o final da tarde desta terça-feira e as primeiras horas de quarta-feira, nomeadamente, o “aumento da intensidade do vento, ocorrência de precipitação e aumento da agitação marítima”.

“O vento será moderado a forte, com rajadas até 80 km/h, podendo atingir 110/120 km/h nas terras altas das regiões Norte e Centro”, lê-se no comunicado.

“A precipitação atingirá todo o território, sendo mais intensa nas regiões Norte e Centro”, acrescenta.

Em relação à agitação marítima, “os efeitos da depressão Bruno sentir-se-ão até dia 28, com ondas de noroeste com 4 a 5 metros, atingindo 5 a 6 metros a norte do Cabo Carvoeiro” na quarta-feira.

A tempestade Bruno sucede à tempestade Ana que, no início de dezembro, causou um morto e derrubou centenas de árvores em Portugal, num total de mais de três mil ocorrências registadas pela Proteção Civil.

Este artigo foi publicado originalmente no Jornal de Notícias

Recomendado pelo Informa+

Qual a sua opinião?