Tentou envenenar o marido com leite e matou família

0 64

Uma mulher foi detida por alegadamente ter matado 15 familiares, numa tentativa falhada de envenenar o marido, com quem foi obrigada a casar, no Paquistão.

Aasia Bibi, de Muzaffargar, foi obrigada a casar-se com Amjad Akram, no passado mês de setembro.

Ao fim de dois meses de um casamento marcado pela infelicidade, a mulher, que estaria apaixonada por outro homem, elaborou um plano para matar o marido de 25 anos, colocando veneno num copo de leite.

O plano, só de si macabro, teve uma consequência ainda mais mórbida. É que o copo de leite, em vez de bebido pelo marido, foi utilizado pela sogra para fazer lassi, uma bebida tradicional à base de leite.

A iguaria foi servida a 27 membros da família que, depois de a consumirem, começaram a sentir-se mal, apresentando sintomas de envenenamento.

Quinze dos familiares morreram no hospital e doze continuam internadas em estado crítico.

“Aasia foi forçada a casar com Amjad. Estava infeliz e regressou a casa dos pais poucos dias depois de casar. Mas, a família enviou-a de volta para junto do marido”, disse um polícia, citado pelo “Daily Mail”.

Apesar de no início ter negado qualquer responsabilidade pela morte, a mulher acabou por confessar. Para além de Aasia, o alegado amante e uma tia também foram presos.

Incidentes de envenenamento são comuns naquela zona, onde os casamentos forçados continuam a existir. Ainda no mês passado, um jovem casal recém-casado foi envenenado pela família da noiva.

Este artigo foi publicado originalmente no Jornal de Notícias

Outros conteúdos na web

Comente, qual a sua opinião?
A carregar...

Recomendados