Teresa Guilherme reclama 2,5 milhões de euros a Ricardo Salgado

Começou o julgamento do processo que opõe Teresa Guilherme ao ex-banqueiro Ricardo Salgado.

A apresentadora garante que perdeu quase 2,5 milhões de euros depois da compra de papel comercial ao já extinto Banco Espírito Santo e não desiste de reaver esse dinheiro.

Em junho do ano passado, o tribunal de primeira instância não deu razão Teresa Guilherme que, entretanto, decidiu avançar para o Tribunal da Relação de Lisboa, que lhe deu razão. Nesse sentido, o julgamento do processo iniciou-se esta quarta-feira, dia 11 de setembro, no Campus da Justiça, em Lisboa.

No lado dos réus, estão Ricardo Salgado, o Novo Banco, o Haitong Bank e a Gnb – Sociedade Gestora de Fundos de Investimento. Em causa está a devolução exigida por Teresa Guilherme de um montante a rondar os 2,35 milhões de euros.

A apresentadora não esteve presente na sessão do tribunal – diz o ‘Correio da Manhã’ – mas disse ao jornal esperar “que se faça finalmente justiça”, mesmo que não saiba “quando é que vai acabar” este julgamento.

Na base da alegação, está que “os réus praticaram factos que configuram o crime de burla qualificada” e “enriquecimento ilegítimo”.

Tal como Teresa Guilherme, milhares de outros portugueses também perderam grande parte das duas poupanças, após a queda daquele que em tempos era visto como um grupo bancário praticamente impossível de destruir.

O caso segue na justiça.

Recomendados

Recomendados

Comente, qual a sua opinião?
A carregar...

Outros conteúdos na web