in

Tony Lemos, o ‘irmão’ que formou uma das mais famosas bandas do final dos 90′ em Portugal

Direitos Reservados

António Fernando de Sousa Lemos, mais conhecido no meio artístico como Tony Lemos, foi um dos fundadores dos Santamaria, banda de ‘eurodance’ do Porto, uma das referência do final dos anos 90′ em Portugal.

Tony Lemos estudou Engenharia Civil no Instituto Superior de Engenharia na cidade invicta e era adepto do Futebol Clube do Porto. Partilhava a vida com a companheira Marta Silva e era pai de duas crianças, esperava o terceiro filho.

A carreira musical começou ainda jovem. Tony Lemos popularizou-se ao lado da irmã Marlene num duo ao qual chamaram ‘Tony e Marlene’, tendo chegado a editar alguns álbuns.

Só em 1998 é que os Santamaria lançaram o seu primeiro álbum, o sucesso “Eu sei, Tu és”, marcou gerações e elevou os Santamaria para um patamar cimeiro na música de dança em Portugal.

António Lemos, que estava ao ‘leme’ da produção, teclados e percurssão, foi galardoado com o Globo de Ouro para ‘Melhor Grupo’ com os Santamaria em 2001, ano em que Xutos & Pontapés e The Gift estavam na luta pelo prémio.

Os Santamaria contam com uma discografia rica, sempre com a presença de Tony Ramos. O último álbum é ‘Gold’, de 2015. Nas redes sociais a banda prometia surpresas para os próximos tempos.

António Lemos morreu esta terça-feira, dia 13 de outubro e chocou os amigos mais próximos e família. Entre os amigos que deixaram mensagens estão figuras como Fernando Rocha ou Hérman José. “Partiu o Tony Lemos, alma mater do grupo Santamaria. Só tinha 48 anos e muito caminho pela frente para dar largas ao seu talento. À família, aos amigos, um abraço de sentidos pêsames”, escreveu Hérman José nas redes sociais. “F***-** Tony, porque é que foste fazer essa m****, estou f***** contigo c****, estou a berrar por dentro. Além da tua família, todos nós te amamos c******, nada justifica o suicídio. C***** mano, porque é que foste fazer isso. F***-**, estou sem chão”, atirou Fernando Rocha.

Este artigo foi publicado originalmente no Correio da Manhã

Deixe uma resposta

Loading…

0

“O Rodrigo tem muita vontade de viver”: A festa de aniversário do ‘bebé sem rosto’

Governo quer a polícia a fiscalizar o uso da aplicação Stayway Covid e a multa pode chegar aos 500 euros