Video: Enfermeiro adota dez crianças para não separar irmãos biológicos

O enfermeiro Uanderson Barreto de Souza está a ser notícia no Brasil ao ter adotado 10 irmãos, para que não se separassem. As crianças têm entre sete e 17 anos.

A história deste “super-pai”, foi revelada no programa “Fantástico” deste domingo, 11 de agosto.

O primeiro a ser adotado, aos nove anos, foi João. Uanderson tinha começado a trabalhar em casas de acolhimento onde as pessoas sabiam do seu desejo de constituir uma família grande. Uma psicóloga do local sugeriu a adoção do menino, e o enfermeiro aceitou.

“Fiquei muito feliz, porque era o meu sonho ser adotado, desde criança”, revelou João, hoje com 16 anos.

Na altura da adoção, o menino pediu para que o enfermeiro também adotasse o irmão dele, Daniel, que foi diagnosticado com deficiência cognitiva.

Depois, Uandersonm foi convidado para o aniversário de Alexandre, irmão biológico dos filhos já adotados. Acabou também adotado. Depois disso conheceu Leonardo, que tem o sonho de ser jogador de futebol. Juntamente com ele veio Pedro, o seu irmão, adotado ao sete anos de idade.

Com cinco filhos, o enfermeiro considerou que estava bem assim, mas então um amigo chamou-o para trabalhar noutra instituição. “Ao chegar, deparei-me com o sorriso mais lindo do mundo”, lembra.

Veja o video:

Outros conteúdos na web

Comente, qual a sua opinião?
A carregar...

Recomendados

Recomendados