Vinte canções vão disputar em fevereiro passagem à final do Festival RTP da Canção 2018

Detectamos que usa um AdBlock

Utilizamos anúncios para ajudar a manter o nosso site, considere desativar o AdBlock (bloqueador de anúncios) no nosso site para poder ver os conteúdos.

Os nossos anúncios não são intrusivos!

O Festival RTP da Canção do próximo ano realiza-se em duas semifinais, em fevereiro, e uma final no dia 04 de março, no Pavilhão Multiusos, em Guimarães, no Minho, foi hoje divulgado.

O vencedor será o 50.º representante da RTP ao Festival Eurovisão da Canção, que se realiza em Lisboa, em maio de 2018.

As duas semifinais do festival da canção realizam-se nos dias 18 e 25 de fevereiro, nos estúdios da RTP, em Lisboa.

Em cada uma das semifinais estarão a concurso dez canções e, de cada semifinal, serão apuradas cinco canções.

“A RTP fará o convite a 17 compositores para que apresentem uma canção original e inédita. Tal como no Festival da Canção de 2017, serão eles a definir os respetivos intérpretes”, afirma a RTP em comunicado.

Salvador Sobral, que venceu o Festival da Canção de 2017, e o da Eurovisão, que se seguiu, “convidará um compositor nos mesmos termos dos convites lançados pela RTP”, segundo a mesma fonte.

A estes 18 convidados da RTP, haverá outros dois lugares nas semifinais “abertos a concurso” e “um deles será selecionado através do programa de rádio ‘Master Class’, da Antena 1, dirigido a compositores e autores sem trabalhos publicados, até ao dia 15 de setembro” próximo.

“O júri criado para este programa escolherá o compositor, que deverá também apresentar a concurso uma canção original e inédita”, esclarece a RTP.

A outra vaga nas semifinais resulta “da abertura a candidaturas espontâneas de canções originais e inéditas, com uma duração máxima de três minutos”.

A esta candidatura está aberta a “todos os cidadãos de nacionalidade portuguesa ou residentes em Portugal, tenham ou não trabalhos publicados, o que inclui os portugueses que vivam fora do país, assim como os cidadãos dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa ou de outras nacionalidades que residam em Portugal”.

Estas candidaturas são apresentadas através de maquetes enviadas por indicação de ‘link’ onde possam ser escutadas, após inscrição em http://antena1.rtp.pt.

“Será constituído um júri para as avaliar, sendo o concorrente vencedor convidado a apresentá-la a concurso” ao festival.

A RTP concorreu pela primeira vez ao Festival da Eurovisão da Canção em 1964 com “Oração”, defendida por António Calvário.

Madalena Iglésias, Duarte Mendes, Fernando Tordo, Carlos Mendes, Paulo de Carvalho, Carlos Paião, Tonicha, Simone de Oliveira, Eduardo Nascimento, Carlos do Carmo, José Cid, Manuela Bravo, Dora, Adelaide Ferreira e Lúcia Moniz foram alguns dos representantes da RTP ao Festival da Eurovisão.

No ano passado, a RTP, pela primeira vez, venceu o certame eurovisivo com a canção “Amar pelos Dois”, de Luísa Sobral, interpretada por Salvador Sobral.

Qual a sua opinião?