Vodafone “Lights On Lights Off” permite poupança energética de 80% à Lourinhã

Detectamos que usa um AdBlock

Utilizamos anúncios para ajudar a manter o nosso site, considere desativar o AdBlock (bloqueador de anúncios) no nosso site para poder ver os conteúdos.

Os nossos anúncios não são intrusivos!

A solução “Vodafone Lights On, Lights Off” permitiu, no último ano, uma poupança de 80% na fatura energética do município da Lourinhã e uma redução das emissões de dióxido de carbono em 2.158 toneladas.

O projeto, que resulta de uma parceria entre a Vodafone, a Câmara Municipal da Lourinhã e a Lightenjin, está a ser determinante na classificação da Lourinhã como a Primeira Vila Inteligente da Região Oeste, fomentando os seus níveis de sustentabilidade e eficiência, ao mesmo tempo que promove a qualidade de vida dos munícipes e o seu relacionamento com a autarquia.

Apresentado há precisamente um ano, este projeto agrega duas componentes: a substituição das luminárias de vapor de sódio do centro histórico da Vila por tecnologia LED e um sistema de gestão inteligente e centralizado. Neste momento, a solução IoT (Internet of Things) já cobre uma parte do centro histórico da Vila, esperando-se que até ao final do ano, venha a abranger a totalidade, num total de 150 luminárias.

A poupança de 80% no consumo energético obtida no último ano, que superou as estimativas desenvolvidas no arranque do projeto, resulta, por um lado, da substituição das lâmpadas de vapor de sódio por tecnologia LED (70%) e, por outro, da utilização do sistema de gestão inteligente e centralizado desenvolvido pela Vodafone (32,5%).

A tecnologia LED destaca-se por ter baixo consumo, longa duração e grande resistência. Paralelamente, a plataforma de gestão da Vodafone permite a supervisão em tempo real dos consumos de energia; a definição dos fluxos de intensidade de luz; a localização exata de cada luminária, possibilitando a gestão individual de cada lâmpada ou a inspeção de grupos de equipamentos; a configuração de alertas para avarias ou danos; e a implementação de sensores de movimento.

“Os resultados do primeiro ano do projeto da Lourinhã atestam o êxito da Vodafone Lights On Lights Off, uma solução IoT chave na mão que está já a criar valor para os municípios nacionais. Ao longo dos últimos anos, a Vodafone tem investido no desenvolvimento de novos conceitos e soluções tecnológicas que permitem às organizações públicas e privadas otimizar a gestão de recursos, obter um maior controlo de custos, estimular o crescimento económico sustentável e promover a melhoria das condições de vida dos cidadãos. A Vodafone congratula-se por contribuir para que algumas regiões do País possam já afirmar-se como uma referência nacional em matéria de Smart Cities”, afirma Mário Peres, IoT Country Manager da Vodafone Portugal.

“O projeto Ligths On Ligths Off é o primeiro projeto com o selo smart city que o município da Lourinhã pretende implementar e que congrega dois conceitos fundamentais para uma smart city – sustentabilidade e inovação. Assim, pretendemos até ao final do ano aumentar o número de luminárias inteligentes, alargando este projeto a todo o centro histórico da vila da Lourinhã, e contribuindo para uma maior sustentabilidade energética do Município”, refere João Anastácio de Carvalho, Presidente da Câmara Municipal da Lourinhã.

O investimento no alargamento do projeto caberá inteiramente ao Município da Lourinhã, que absorverá a totalidade da poupança registada.

Líder mundial na tecnologia Machine-to-Machine, a Vodafone foi classificada em 2016 como a empresa melhor posicionada, a nível global, para responder aos desafios do IoT, pela sua “abrangência de visão” e “capacidade de execução” no Gartner’s Magic Quadrant pelo quarto ano consecutivo. Num mercado altamente competitivo, foi igualmente reconhecida nos últimos cinco anos como “líder global consistente” em serviços IoT no estudo da Machina Research.

A Vodafone Portugal tem um papel decisivo na distinção do Grupo a nível mundial. O Centro de Competências de Internet of Things conta com uma equipa especializada que, a partir de Portugal, trabalha diariamente no desenvolvimento de soluções para o mercado nacional e para todo o universo Vodafone.

Qual a sua opinião?