in

A motivação de um influenciador digital de fitness e o impacto nos seguidores

A motivação de um influenciador digital de fitness e o impacto nos seguidores

Alguma vez se sentiu motivado pelo conteúdo publicado por um influenciador digital na área de fitness? Seja para comer de forma mais adequada, implementar hábitos saudáveis ou aumentar o nível de atividade física, os influenciadores conseguem motivar os seus seguidores.

Essa motivação, no entanto, não é fácil de implementar nos conteúdos e uma má implementação – na realidade, por vezes, até uma boa implementação – pode conduzir a um efeito negativo nos seguidores.

Então como saber se um influenciador está a oferecer um impacto positivos nos seus seguidores? Ou melhor, como saber se um influenciador é uma boa escolha para investimento de uma marca?

Como um influenciador digital de fitness consegue
motivar os seguidores?

Os diferentes profissionais na área do fitness devem ter a capacidade de motivar os seus seguidores. Essa motivação pode resultar numa alimentação mais saudável, numa melhor escolha de comportamentos ou na prática de exercício físico; o importante é que os seguidores tomem uma nova atitude.

Mas como cada influenciador leva os seus seguidores a agir? Antes de tudo, o influenciador deve conhecer qual a sua motivação, ou seja, o que o faz tomar a ação que quer transmitir aos outros. Por exemplo, no caso de Rui Duarte Catana (@ruiduartecatana), influenciador de fitness no Instagram, a sua motivação foram os filhos.

De acordo com as diferentes motivações, os seguidores podem identificar-se e, nesse caso, o seu comportamento pode ser influenciado. Novamente, Rui Duarte Catana tem uma determinada motivação que o leva a comunicar-se de uma determinada forma. Quem se identificar, sentir-se-á parte da jornada e irá tomar as decisões para mudar.

Além dos influenciadores, os seguidores também têm motivações próprias. Mesmo assim, se o objetivo for o mesmo, podem sentir-se motivados a cada nova publicação.

O impacto desses influenciadores é sempre positivo?

Embora esta nova era digital esteja a ser benéfica para uns, outros não se podem gabar do mesmo.

Vamos, novamente, dar o exemplo de Rui Duarte: os seus conteúdos são baseados em experiências reais, com dores reais e com o objetivo de motivar pessoas reais a obter resultados. Não os seus resultados, mas resultados. Claro que este é um conteúdo positivo e muitas pessoas o sentem – algo visível na enorme quantidade de interações.

Outros influenciadores, principalmente na vertente feminina, não conseguem obter os mesmos resultados. Isto porque imagine que uma influenciadora mostra a sua dieta e tem um corpo desejável pelas mulheres; o que acontece é que ao invés de existir uma aceitação do próprio corpo e uma visão para melhoria no futuro, as mulheres sentem o contrário, levando a uma influência negativa – que, na maioria das vezes, nada tem a ver com as influenciadoras.

Apesar de referirmos que as mulheres são mais suscetíveis, muitos homens passam por este mesmo problema e a realidade é que cada caso é um caso.

Como um influenciador oferece uma experiência positiva?

Como deve conseguir concluir com o que foi dito acima, o influenciador não tem poder sobre a forma como o seguidor interpreta o conteúdo. O conteúdo pode ser realmente motivacional para a pessoa, como pode ser algo muito negativo.

No entanto, para que a maioria dos seguidores tenha uma experiência positiva, pode transmitir o lado da aceitação. Não queira que os seus seguidores sejam como você, mas sim que sejam a melhor versão de si próprios.

Se quer trabalhar com um influenciador digital na área…

Concluindo um pouco o que foi dito acima, a linha entre o que é um conteúdo que impacta positivamente ou negativamente e o que é e não é motivacional é difícil de definir. Sendo assim, como sabe que o investimento num determinado influenciador é uma boa escolha

Comece por analisar a voz do influenciador e os princípios que este transmite ao longo do seu perfil. Se pretende divulgar uma loja de alimentos vegan e o influenciador se baseia na dieta paleo, não vai obter os resultados esperados.

Outro aspeto que deve ter em consideração é a história do influenciador. Conhecer o seu passado e as histórias transmitidas, vai ajudar a que entenda se existiu algum comportamento que irá colocar a sua marca em risco.

Analisar a relação que o influenciador tem com os seus seguidores também é essencial. Além da relação, o quanto o influenciador está presente na vida das pessoas? Um influenciador presente irá oferecer muitos mais benefícios à sua marca.

Por último, não tenha em atenção, apenas, as métricas. Se esta for a sua única forma de avaliação, pode ficar desiludido.

Deixe uma resposta

Loading…

0

Câmara vai propor modelo de concessão para permitir reabilitação do Coliseu do Porto

É prematuro falar em nova rota de imigração por mar para Portugal – MAI