in

Covid-19: 4 ações no combate ao stress

Covid-19: 4 ações no combate ao stress

Muitas pessoas estão a sentir dificuldade em lidar com o stress e a ansiedade causados pelo Coronavírus e até as entidades oficiais de saúde lançaram sugestões para amenizar esta sensação. Conheça 4 formas eficazes de agir activamente contra a ansiedade durante o tempo de isolamento.

A proliferação do Coronavírus apanhou o mundo de surpresa. A globalização, processo de que sempre nos orgulhamos, fez com que o vírus – originário da China – se propagasse por todo o mundo, transformando-se na maior pandemia do século.

Perante o grande número de infectados e para travar a propagação da doença, os vários estados internacionais começaram a adotar medidas de contenção. Fecharam-se escolas e empresas, remeteram-se alunos e trabalhadores para regimes de trabalho remoto e suspenderam-se todos os eventos e atividades sociais previstos.

O isolamento social pedido é altamente contrário aos hábitos que o século XXI tinha vindo a promover, o que fez com que, quando confinadas nos seus lares, as pessoas se sentissem mais angustiadas e sentissem o stress.
Conscientes do risco da ansiedade, as entidades máximas de saúde, como a OMS e a DGS alertaram para a necessidade de agir para contrariar a ansiedade e motivar o positivismo. Isto é também visível no surgimento do movimento #vaificartudobem.

Ainda assim, nem todas as pessoas estão a sentir facilidade em lidar com as novas circunstâncias de vida e importa, por isso, conhecer algumas formas de reduzir a ansiedade durante este período de confinamento.

Venha conhecer 4 ações positivas a adotar no combate ao stress e à ansiedade.

1. Escolha de produtos naturais

Quando falamos em stress, existem vários produtos naturais que podem surgir na nossa mente, já que muitas ervas têm propriedades calmantes e relaxantes que ajudam a aliviar o stress e a ansiedade, promovendo o bem-estar físico e mental.

Aqui, falamos de produtos como o óleo de canabidiol, o chá de camomila ou cidreira e também a valeriana.

2. Fuja das Fake News

As notícias falsas não são uma novidade mas, durante o Covid-19 a sua proliferação tem sido intensa, quer pela parte de alguns sites como por via de aplicações como o WhatsApp.

Garanta que foge das Fake News, já que estas são fortes causadoras do pânico e do stress. Para garantir que não está a consumir notícias falsas, procure sempre fontes oficiais e meios de comunicação com boa reputação e princípios de confiança e credibilidade.

3. Conviva online

O lado menos negativo do Covid-19 é que surgiu numa era onde a comunicação virtual é facilitada. Aproveite os chats e as redes sociais para se manter em contacto com os seus pares, colegas, amigos e familiares.

A sensação de isolamento será certamente reduzida se conseguir ver e falar com as pessoas de quem é mais próximo.

4. Peça ajuda

Caso se sinta stressado e ansioso não hesite, também, em procurar ajuda junto de um psicólogo.

Embora a maior parte dos consultórios do género esteja encerrado, muitos profissionais estão a dar consultas online.

Caso se sinta em sofrimento por causa do isolamento, contacte um especialista na área.

Deixe uma resposta

Loading…

0

Covid-19: Governo dos Açores suspende transporte marítimo de verão entre as ilhas

Covid-19: DGS admite que apoio inicial aos lares não foi o melhor