in

Jardim Zoológico oferece entradas aos profissionais de saúde, bombeiros e membros da PSP e GNR como forma de agradecimento

Jardim Zoológico oferece entradas aos profissionais de saúde, bombeiros e membros da PSP e GNR como forma de agradecimento
Direitos Reservados

Na semana de 13 a 19 de julho, o Jardim Zoológico convida todos os profissionais de saúde, bombeiros e membros da PSP e GNR a visitar o parque, gratuitamente. Através desta iniciativa, o Zoo procura agradecer a todos os homens e mulheres com garra que se mantiveram, e mantêm, na linha da frente na luta contra o Covid-19.

Para usufruir desta oferta*, em vigor de 13 a 19 de julho, os profissionais deverão apresentar nas bilheteiras o cartão profissional ou uma declaração da entidade patronal, acompanhado do cartão de cidadão.

É também nesta semana que se assinala em todo o mundo o Dia Mundial da Serpente, animal que simboliza as ciências médicas, a 16 de julho, e que tem como objetivo sensibilizar para a importância da conservação destes animais. Apesar de muitas vezes serem considerados assustadores, estes répteis desempenham um papel fundamental no ecossistema e para o Homem: os princípios ativos dos seus venenos são usados para obtenção de medicamentos para várias doenças humanas e, para além disso, contribuem ativamente para o controlo de pragas.

De forma a celebrar esta data, e apesar do Reptilário se encontrar temporariamente encerrado, no dia 16 de julho, às 15h, poderá participar numa viagem virtual pelas serpentes do Jardim Zoológico e descobrir as mais interessantes curiosidades sobre estes animais.

Depois de quase três meses fechado ao público, o Jardim Zoológico reabriu no dia 8 de maio com apertadas medidas de higienização e com uma profunda palavra de agradecimento a todos os profissionais que tornaram possível este desconfinamento.

Visite o Jardim Zoológico, sozinho ou em família, descontraia neste espaço seguro ao ar livre e leve novas e felizes memórias consigo.

Deixe uma resposta

Loading…

0

“O parlamento mantém-se fechado sobre si próprio e tem medo do povo” — Rui Rio

Sérgio Figueiredo deixa direção de informação da TVI